terça-feira, 31 de março de 2015

UNIÃO INCAPAZ DE TRAVAR LÍDER

O União FE recebeu a AE Física D no Albano Mateus e somou nova derrota num jogo agradável de seguir, equilibrado e emotivo.
 
Foto de arquivo: Carlos Emidio Martins

A equipa de Pedro Nobre sabia das dificuldades deste jogo e encarou o mesmo de forma série e competitiva anulando as mais valias adversárias e causando dificuldades ao ultimo reduto adversário e o empate 1-1 ao intervalo era disso o reflexo. A etapa complementar revelou um União a superiorizar-se até meio desta etapa, altura em que alguns erros Unionistas permitiram à equipa de André Gil passar para a frente do marcador, situação que manteve até ao apito final da dupla Setubalense Paulo Ferrão e J.M. Rodrigues.

Final: União FE 2  -  AE Física D 5

Carlos "Pica" Fonseca apontou os golos do União ao passo que pela equipa de Torres Vedras Carlos Garrancho, Carlos Godinho e Nuno Brilha foram os marcadores de serviço.

Com esta derrota (a 5ª consecutiva) o União FE manteve a 10ª posição com 22 pontos e na próxima jornada recebe o S Alenquer B actual 12º classificado com 21 pontos num jogo de crucial importância para ambas as equipas. A Física manteve a liderança com 52 pontos mais um que o SC Tomar mas com menos um jogo, e na próxima jornada recebe o lanterna vermelha Alcobacense CD.

66ª EDIÇÃO DA TAÇA DAS NAÇÕES ARRANCA AMANHÃ

A selecção portuguesa começa amanhã em Montreux (Suíça) a defesa do titulo conquistado em 2013 na 65ª edição.

Foto: HoqueiPt

Os eleitos de Luís Sénica tiveram apenas dois dias de preparação com treinos bi-diários no Pavilhão da UD Vilafranquense, tendo no passado domingo defrontado a equipa da casa em jogo de preparação.

Portugal tem como adversários no seu grupo a Suiça, a Alemanha e a Espanha e os jogos com inicio às 19:30 horas terão transmissão televisiva na RTP2
  • 01 Abril - Portugal vs Suíça
  • 02 Abril - Portugal vs Alemanha
  • 03 Abril - Espanha vs Portugal
Os jogos de Portugal na fase seguinte também terão honras de transmissão televisiva e se Portugal atingir a final como se espera a mesma têm hora marcada para as 19:00 horas de dia 05 de Abril.

Luís Sénica convocou os seguintes atletas:
AD Valongo
  • Telmo Pinto - João Souto e Henrique Magalhães
FC Porto
  • Hélder Nunes e José "Rafa" Costa
SL Benfica
  • Pedro Henriques (gr)
  • João Rodrigues
Sporting CP
  • Ângelo Girão (gr)
  • Daniel "Poka" Oliveira
UD Oliveirense
  • Gonçalo Alves
Portugal, com 17 Taças das Nações conquistadas, é o país com mais triunfos nesta prestigiada competição internacional de hóquei em patins. Na última edição, para além de ter alcançado a terceira vitória consecutiva na prova, a Seleção Nacional somou ainda os títulos individuais de melhor jogador (Ricardo Barreiros) e de melhor marcador (Jorge Silva).

Informação: Gabinete de Imprensa da FPP

ONDE ANDAVA ESTE SANTA CITA???

A ACR Santa Cita depois de uma série de derrotas e um jogo inacabado em Coimbra, onde perdia por 3-0 na altura da interrupção deslocou-se até ao Pavilhão do Embra na Marinha Grande e voltou às vitórias frente ao SC Marinhense.

Foto de arquivo: João Flores

Entrou melhor a equipa de Horácio Honório que inaugurou o marcador, mas a equipa de Pedro Almeida apostada em voltar aos pontos empatou adiantando-se no marcador até um confortável 1-4. A equipa da casa a perder não perdeu o sentido de jogo e o desejo de vitória e antes do apito do Leiriense Luís Correia para o intervalo chegou ao empate.

Na etapa complementar a equipa Ribatejana voltou de novo a adiantar-se no marcador, mas os "Vidreiros" voltaram de novo a empatar e num jogo onde o resultado poderia ter "caído" para qualquer dos emblemas acabou por ser a equipa de Santa Cita a chegar à vitória e a voltar às vitórias, resultado que já lhe fugia desde 01 Fevereiro, quando na 13ª jornada venceu em Ourém por 3-4 a J. Ouriense.

Final: SC Marinhense 5  -  ACR Santa Cita 6

Os golos do Santa Cita foram apontados por Pedro Almeida (2), Rui Oliveira (2), João Cardoso e João Ferreira, ao passo que pelo SC Marinhense David "Esteves" Gonçalves (3), Pedro Botas e Tomé Barros foram os marcadores de serviço.

Vitória justa da ACR Santa Cita pela atitude competitiva que demonstrou em rinque, nunca baixando os braços e sempre com desejo de vitória, numa vitória que teve como "cereja no topo do bolo" a exibição do seu "keeper". O SC Marinhense apontado como um dos candidatos aos lugares cimeiros está a efectuar uma época para esquecer e como alguém do meio me disse uma vez "quem tem um jogador do nível do Esteves arrisca-se a ganhar qualquer jogo nesta divisão» mas não é o que se passa para os lados do Embra.

Com esta vitória a ACR Santa Cita mantêm 0 8º lugar agora com 19 pontos e  na próxima jornada recebe o HC PDL que ocupa a 10ª posição com 14 pontos

segunda-feira, 30 de março de 2015

AP PORTO VENCE INTER-REGIÕES "PÁSCOA 2015"

Um Porto "vintage" orientado por Miguel Camões coadjuvado por Hélder Antunes não deu qualquer hipoteses aos adversários e sagrou-se vencedor da edição 2015 do Inter Regiões que teve como palco o Municipal da Mealhada.

Foto: Tiago Pinto

Apenas conhecendo o sabor da vitória os ora "verdes" ora "brancos" da AP Porto venceram o Grupo B onde defrontaram AP Minho, AP Ribatejo e RA Açores com um impressionante score de 43 golos marcados e apenas 2 sofridos. Nas meias-finais a equipa de Miguel Camões tinha pela frente o bi-campeão em  titulo a sempre favorita AP Lisboa, mas sem quaisquer "compaixão" a AP Porto "despachou" o adversário com um "limpinho" 6-2.

Foto: Hélder Antunes

Para a final os que do Porto viajaram tinham como adversário a equipa da casa, ou seja a AP Aveiro que pelo terceiro ano consecutivo a jogar nos "seus domínios" tentava que o caneco ficasse na sua vitrina, mas novamente a selecção da AP Porto "qual máquina trituradora" venceu por um expressivo 5-2 com 3-0 ao intervalo e arrebatando um titulo que já lhe fugia há algum tempo e enchendo de alegria e orgulho os muitos adeptos que a par dos de Aveiro encheram as bancadas do Municipal da Mealhada. No jogo da "consolação" o tal que ninguém quer jogar a AP Minho venceu a AP Lisboa por 7-4 conquistando o bronze e deixando os "Alfacinhas" fora do pódio.

Foto: Plurisports

A selecção da AP Porto a provar que foi sem duvida o melhor conjunto em prova também viu três dos seus atletas fazerem parte do "5 Ideal da 39ª Edição do Inter-Regiões" a que se juntou um atleta da AP Aveiro e outro da AP Minho e foram estes os eleitos:

  • Guarda-redes: Vasco Reis (AP Porto)
  • Defesa: Carlos Ramos (AP Porto)
  • Defesa: Xavier Pinho (AP Porto)
  • Avançado: André Coimbra (AP Aveiro)
  • Avançado: Diogo Abreu (AP Minho)

AD Valongo (Carlos Ramos e Xavier Pinho), FC Porto (Vasco Reis), HC Mealhada (André Coimbra) e Riba d'Ave HC (Diogo Abreu) foram os clubes representados neste 5 Ideal.

domingo, 29 de março de 2015

VITÓRIA IMPORTANTE NA VILA PRESÉPIO

O SC Tomar alcançou em Alenquer uma vitória importante num pavilhão particularmente difícil perante uma equipa que apesar de um bocado abaixo do que nos habituou dificultou e valorizou a vitória dos pupilos de Nuno Domingues.

Foto: SC Tomar

Como tem vindo a ser habitual o SC Tomar marcou cedo e desta feita foi à passagem do 5º minuto através do capitão Ivo Silva. A equipa de casa agora orientada pelo ex-seleccionador nacional Luís "Tikinho" Moreira procurou chegar ao empate, empate esse que chegou através de Paulo Jesus. O Alenquer poderia mesmo ter dado a volta ao marcador mas Pedro Lourenço desperdiçou o livre directo motivado pelo azul exibido a André Silva à entrada dos últimos cinco minutos da 1ª parte. Antes do apito para o intervalo da dupla Cidalino Lamosa (Setúbal) e Paulo Baião (Lisboa) e já no ultimo minuto David Costa coloca a equipa Leonina na condição de vencedora.

Intervalo: S Alenquer B 1  -  SC Tomar 2

A etapa complementar continua a revelar um jogo equilibrado com oportunidades em ambas as balizas e o Alenquer apostado em pontuar para sair da posição incomoda que se encontra e seria de novo Paulo Jesus com onze minutos decorridos a empatar novamente a partida. O empate era garantidamente um resultado que não interessava a nenhum dos conjuntos que com objectivos diferentes necessitavam dos três pontos para continuarem a sonhar com os mesmos e foi a equipa das margens do Nabão de novo a passar para a frente com David Costa a bisar já nos últimos 10 minutos de jogo. A vencer por 2-3 a equipa Leonina procurou o golo que desse "tranquilidade" golo esse que chegaria aos 21 minutos e por Luís Silva. No minuto seguinte o Alenquer atinge a 10ª falta e David Costa chamado à  marcação do livre directo desperdiça a oportunidade de aumentar, mas redime-se dessa falha e aponta de seguida o quinto golo da sua equipa e o terceiro da sua conta pessoal. Apenas com três minutos para se jogar a equipa de Tikinho incapaz de contrariar as mais valias adversárias viu o tempo esgotar-se e somar assim mais uma derrota, antes da viagem até ao Ribatejo para defrontar o União num jogo de importância vital para ambos os conjuntos.

Final: S Alenquer B 2  -  SC Tomar  5  (Faltas: 10 - 9)

Com esta vitória o SC Tomar mantêm a 2ª posição com 51 pontos, menos um que o líder AE Física D mas com mais um jogo e na próxima jornada recebe no Jácome Ratton a UDC Nafarros num jogo que se antevê complicado para a equipa de Nuno Domingues que recorde-se na 1ª volta foi derrotada pelo conjunto de Pedro Feliz.

VITÓRIA SOBRE COIMBRA GARANTE 5º LUGAR

A selecção Ribatejana terminou hoje a sua participação na Inter-regiões "Páscoa 2015" com uma vitória sobre a sua congénere de Coimbra por 3-1, repetindo assim o 5º lugar alcançado a edição passada neste mesmo pavilhão, o Municipal da Mealhada.

Foto: Carlos Emídio Martins

A jogar perante o 3º classificado do Grupo A, a equipa de Luís Miguel Cunha entrou praticamente a vencer com Manuel Mesquita a inaugurar o marcador logo no 1º minuto de jogo. O mesmo jogador viria a aumentar para 2-0 a caminho dos últimos cinco minutos da 1ª parte. Na etapa complementar a equipa Ribatejana viria a conseguir o 3-0 através de Rodrigo Silva, ao passo que a equipa de Coimbra o melhor que conseguiu foi reduzir para 3-1 já perto do ultimo minuto de jogo, não sem antes o Ribatejo ter tido uma oportunidade soberana de marcar, mas o "keeper" de Coimbra defendeu a grande penalidade apontada por Francisco Rodrigues.

Vitória justa da equipa de Luís Miguel Cunha, naquela que terá sido certamente a exibição menos conseguida do seu seleccionado, no entanto subsiste a velha máxima "não interessa jogar mal, se no final a vitória nos sorrir".
 
Numa época que agora termina no que a jogos de selecção de Sub-15 diz respeito a equipa Ribatejana conseguiu duas vitórias no Inter-associações de Natal e Carnaval e um 5º lugar no Inter-regiões, disputando o Grupo B de onde saiu o vencedor AP Porto e o 3º classificado AP Minho.

sábado, 28 de março de 2015

TIGRES SÓ DEPENDEM DE SI PRÓPRIOS

O HC "Os Tigres" deram esta tarde uma passo importante rumo à manutenção ao vencerem no Alfredo Bento Calado o CH Carvalhos por 6-4 com 2-0 ao intervalo.


Num jogo dirigido pela dupla Leiriense Paulo Carvalho e Vitor Roxo e com ambos os conjuntos a necessitar da vitória "com de pão para a boca" a equipa de Pedro Nifo a jogar perante o seu publico tentou ganhas ascendente na partida e procurar os golos que garantissem uma vitória e esses golos viriam a aparecer à passagem do minuto 14 por Filipe Bernardino e no minuto seguinte por Alex Andrade. Com 10 minutos para se jogar na  primeira parte e apesar de vários oportunidades o placard não sofreu alterações até ao apito para o intervalo.

No 2º tempo com o CH Carvalhos à procura de reduzir a desvantagem foram os Tigres a disporem de uma oportunidade de ouro para aumentar a vantagem, mas JoHe desperdiçou o livre directo da 10ª falta adversária e no mesmo minuto o mesmo jogador a ver cartão azul, mas José Almeida desperdiçou o livre directo para reduzir a desvantagem da equipa nortenha, mas a jogar em power-play o mesmo José Almeida reduz para 2-1. Com o "nervoso miudinho" a apoderar-se de alguns jogadores dos Tigres Kéké vê cartão azul, mas a equipa dos Carvalhos desperdiça a grande penalidade para empatar a partida. Com catorze minutos decorridos Kéké aumenta para 3-1 e ainda nesse mesmo minuto o CH Carvalhos atinge a 15ª falta mas Janeka desperdiça o livre directo. Foi Filipe Bernardino de grande penalidade que ao bisar no jogo dá tranquilidade à sua equipa e aos adeptos que já iam "roendo as unhas" ao apontar o 4-1. A equipa que viajou de Norte até terras Ribatejanas chegou ao 4-2 através de José Monteiro. Já dentro dos últimos cinco minutos de jogo e depois de JoHe falhar o livre directo da 20ª falta adversária, foi a vez de Rui Gamboa bisar no mesmo minuto e fazer o tranquilizante 6-2. Os últimos três minutos trouxeram dois golos para o CH Carvalhos, e ambos de livre directo, se o primeiro a punir vermelho exibido a Kéké o segundo na 10ª falta da equipa dos Tigres.

Final: HC "Os Tigres" 6  -  CH Carvalhos 4  (Faltas: 10  -  23)


No jogo que trouxe de novo Xico Veludo à baliza dos Tigres após uma ruptura muscular, a equipa de Pedro Nifo foi a justa vencedora num jogo onde o CH Carvalhos foi incapaz de contrariar a superioridade adversário onde o Xico Veludo foi o esteio da defesa com defesas fantásticas que permitiram que a sua equipa estivesse sempre em vantagem.

Com 9 pontos em disputa e com cinco pontos de vantagem do CH Carvalhos e seis da AD Sanjoanense os Tigres dependem apenas de si próprios para se manter no patamar mais elevado do hóquei patinado português. A equipa Ribatejana na próxima jornada desloca-se até São João da Madeira, depois recebe em casa a AJ Viana para na ultima jornada se deslocar até Lisboa para defrontar o Benfica. O HC "Os Tigres" ocupam a 11ª posição com 17 pontos.

Pode ver um resumo do jogo e as declarações de Pedro Nifo aqui num trabalho da Almeirinense TV

3º LUGAR SERVIDO À HORA DE ALMOÇO

Depois das duas derrotas sofridas na 6ª feira, a selecção Ribatejana tinha pela frente a AP Leiria num jogo que iria decidir quem seria o 3º classificado do Grupo B e partiria para a disputa do 5º e 6º lugar deste Inter-regiões "Páscoa 2015" a decorrer no Municipal da Mealhada.

Foto: Plurisports

Perante a equipa mais jovem presente no torneio, a equipa de Luís Miguel Cunha cedo assumiu as despesas do jogo e foi ganhando ascendente e Miguel Marante inaugurou o marcador pouco depois dos cinco minutos de jogo. Sempre em crescendo a equipa Ribatejana chegou ao 4-0. A equipa de André Luís e Hélio Gonçalves num seticada violenta de meia distância de Igor Marques reduziu para 4-1. Antes do apito para o intervalo novo golo para o Ribatejo que assim fechou o primeiro parcial a vencer por 5-1.
 
Na etapa complementar e sempre com a equipa de Miguel Cunha mais perigosa, seriam os jovens Leirienses a chegarem ao 5-2 e foi o "canto do cisne" no que a golos diz respeito para a equipa da AP Leiria. Até final da partida tempo para assistir a mais dois golos do Ribatejo que assim selaram o marcador com um confortável 7-2 e o carimbo para o jogo de atribuição do 5º e 6º lugar onde irão defrontar a AP Coimbra, num jogo com inicio marcado para as 15:00 de amanhã.

sexta-feira, 27 de março de 2015

DUPLA DERROTA TIRA RIBATEJANOS DAS MEIAS-FINAIS

Depois da goleada na jornada inaugural frente à RA Açores a equipa de Luís Miguel Cunha foi goleada pela AP Porto num jogo onde ficou provada a capacidade goleadora e a qualidade do seleccionado de Miguel Camões.

Foto: Plurisports

A equipa Ribatejana até entrou melhor na partida e inaugurou o marcador tendo nesta fase anulado as mais-valias adversárias. Mas à passagem do quinto minuto foi a altura da reviravolta e até ao intervalo a AP Porto deu a volta ao marcador e saiu a vencer por 3-1. Na etapa complementar com o Ribatejo a jogar de igual para igual com o adversário, foi aos pouco perdendo "forças" deixando os jovens nortenhos pôr em rinque todas as suas valências e o resultado foi ganhando contornos de goleada tendo chegado ao final com 8-1 cravado no placard.

Foto: Plurisports

O jogo da noite era de extrema importância para ambas as equipas pois garantia praticamente quem seguiria para as meias-finais e foi o seleccionado Minhoto a entrar melhor e apesar do equilíbrio que era notório a equipa Minhota marcou por duas vezes, resultado com que se atingiu o intervalo. No 2º tempo a equipa de Luís Miguel Cunha foi superior ao adversário e antes de volvidos os primeiros cinco minutos de jogo, Manuel Mesquita reduziu para 2-1. A pressão Ribatejana intensificava-se e o empate poderia ter chegado, mas José Silva desperdiçou um livre directo. Com o tempo a esgotar-se e o guardião Minhota a revelar-se o melhor jogador em pista, a equipa de Paulo Machado podia ter "morto" o jogo, mas desperdiçou o livre directo da 10ª falta Ribatejana. Os últimos minutos foram de sufoco para os jovens Minhotos que defenderam com "unhas e dentes" a margem mínima que lhes garantiu os três pontos e praticamente a presença nas meias-finais.

Amanhã sábado a AP Ribatejo defronta a AP Leiria onde será "esgrimido" o 3º lugar desta Série B.

quinta-feira, 26 de março de 2015

APESAR DA DERROTA, TIGRES AINDA ACIMA DA LINHA DE ÁGUA

O HC "Os Tigres" deslocaram-se até Oliveira de Azeméis para defrontar a Oliveirense ainda a recuperar da eliminação caseira frente ao Sporting CP para a Taça CERS e acabaram por "pagar" esse desaire e saíram rumo à Capital da Sopa da Pedra com uma derrota por 8-4 que no entanto mantêm a equipa de Pedro Nifo acima da linha de água.

Foto: Alfredo Pinho

Num jogo onde a equipa de Tó Silva cedo quis marcar distâncias e entrou em velocidade e não permitindo qualquer ousadia aos Ribatejanos, o resultado foi ganhando corpo e ao intervalo a equipa da UD Oliveirense vencia por 6-1. No 2º tempo e com o jogo ganho e controlado a equipa dos Tigres conseguiu equilibrar a contenda e até vencer o parcial por 2-3, no entanto escasso para levar algum ponto para casa. Nesta 2ª parte noticia agradável para a equipa de Almeirim que viu regressar Francisco "Xico" Veludo à baliza depois de um mês de paragem devido a uma ruptura muscular.

Final: UD Oliveirense 8  -  HC "Os Tigres" 4

Os golos da Oliveirense foram apontados por Albert Casanovas (2), Martin Montivero (3), Gonçalo Alves (2) e Tó Silva, ao passo que pelos Ribatejanos João "JóFi" Filipe (3) e João "Janeka" Silva foram os marcadores de serviço.

Vitória justa da equipa da Oliveirense que assim soma mais três pontos na luta pelos lugares do pódio. O HC "Os Tigres" apesar da derrota e como foi dito continuam acima da linha de água ocupando a 11ª posição com 14 pontos e na próxima jornada recebem no Alfredo Bento Calado o CH Carvalhos num jogo importantíssimo onde uma vitória (que se espera) coloca a equipa azul e branca a 5 pontos do adversário que ocupa a 12ª posição, mas que uma derrota faz a equipa de Pedro Nifo cair para a zona de despromoção.

RIBATEJO ENTRA A VENCER NO INTER-REGIÕES

A selecção Ribatejana de Iniciados (Sub-15) entrou com o patim direito na edição 2015 do Inter-regiões que decorre mais uma vez no Municipal da Mealhada, vencendo a equipa da RA Açores por um conclusivo 10-0 e num jogo de sentido único.

Foto: Plurisports

A equipa de Luís Miguel Cunha começou este torneio com uma das equipas mais acessíveis do mesmo, que mesmo assim e apesar da falta de rodagem motivada pela Insularidade e também pelas decisões da FPP foram voluntariosos e sob a batuta de Herberto Resendes tentaram dentro das suas potencialidades dificultar ao máximo os que do Ribatejo viajaram pelo 3º ano consecutiva para terras Bairradinas, e ao intervalo e apesar da excelente exibição do "keeper" Açoriano o resultado já revelava um desnivelado 7-0. No 2º tempo a equipa Ribatejana continuou a mandar no jogo e mais três golos coloriram o resultado final e os primeiros três pontos para a equipa Ribatejana.

Final: RA Açores 0  -  AP Ribatejo 10

Vitória da melhor equipa em pista e que demonstrou a diferença entre o hóquei continental e insular no que aos escalões de formação diz respeito. A equipa de Luís Miguel Cunha defronta amanhã pelas 12:00 horas a AP Porto, uma das equipas candidatas a levantar o "caneco" e que hoje golearam a AP Leiria por 13-1.

RA Açores (10): Tiago Dias (GR), Tiago Pimentel, José Ferreira, Guilherme Garcia, João Silva;
Suplentes: Alexandre Resendes, Diogo Pereira, António Caldeira, Paulo Silva e Fernando Gonçalves (GR)
Seleccionador- Herberto Resendes

AP Ribatejo (10) -João Nunes (GR), Miguel Marante ©, Manuel Mesquita, Francisco Rodrigues e Rodrigo Silva;
Suplentes: Thomas Basílio, João Silva Duarte Ferreira, Pedro Carlota e Vasco Dias (GR)
Seleccionador: Luís Miguel Cunha

quarta-feira, 25 de março de 2015

MIGUEL CUNHA ESCOLHEU ONZE PARA A MEALHADA

Luís Miguel Cunha, seleccionador distrital de Iniciados (Sub-15) já escolheu os onze atletas para representarem as cores Ribatejanas no Inter-regiões "Páscoa 2015" que pelo 3ª ano consecutivo se realiza no Municipal da Mealhada.

Foto: Plurisports

O SC Tomar é o clube mais representado com 8 atletas neste lote, a que se juntam dois atletas do GC "Os Corujas" e um da J. Ouriense. O conjunto ribatejano esteve na 2ª e 3ª feira a estagiar na margens do Sorraia, onde no Pavilhão Municipal de Coruche a equipa técnica aproveitar para "limar as arestas" e preparar a equipa e promover o espírito de grupo para o maior evento nacional, no que ao escalão de Iniciados diz respeito.

De recordar que o seleccionado do Ribatejo está no Grupo B da prova onde irá ter como adversários a AP Minho, AP Porto, AP Leiria e RA Açores e o primeiro jogo da equipa de Luís Miguel Cunha terá lugar amanhã 5ª feira pelas 22:00 horas frente aos Açores.

São estes os jogadores Ribatejanos que irão na Bairrada tentar um lugar de destaque no Inter-regiões e que certamente começará com a tentativa de chegar às meias finais entrando como "outsiders" na luta de gigantes entre Mino e Porto.

José Silva (GR) – SC Tomar
Miguel Marante – SC Tomar
Thomas Basílio – SC Tomar
João Silva – SC Tomar
Manuel Mesquita – SC Tomar
Francisco Rodrigues – SC Tomar 
Duarte Ferreira – SC Tomar
Rodrigo Silva – SC Tomar
Vasco Dias (GR) – GCC “Os Corujas”
Pedro Carlota – GCC “Os Corujas”
João Nunes (GR) – Juventude Ouriense

CATEDRAL DO HÓQUEI REALIZA O XXVII TORNEIO DE PÁSCOA

O HC Turquel leva a efeito nos próximos dias 03 e 04 de Abril a XXVII edição do Torneio da Páscoa em Hóquei em Patins e que levará à Aldeia Portuguesa do Hóquei em Patins dois dias de emoção e convívio.


Desde a Iniciação passando por Bambis, Benjamins, Escolares, Infantis, Iniciados, Juvenis, Juniores e Femininos todos os escalões do clube passarão pela "quadra" tentando conquistar os troféus em disputa num evento que certamente e à imagem do que é habitual levará centenas de pessoas às bancadas do pavilhão do HC Turquel.

Em Femininos, a selecção de Sub-20 da AP Lisboa e a AF Arazede são os convidados. Nos escalões masculinos estarão presentes o S Alenquer B, ACDCP Vila Boa do Bispo, CN Setubalense, Sporting CP, CRC "Os Águias", AD Valongo, HC "Os Tigres", HC Lourinhã, HC Mealhada e FC Alverca como ilustra o calendário dos jogos que apresentamos de seguida:


SUB-15 DO SC TOMAR COM PATIM E MEIO NA 2ª FASE

A equipa de Iniciados do SC Tomar está praticamente qualificada para a 2ª fase do Nacional depois da vitória sobre o HC Santarém. Nos restantes escalões onde os Ribatejanos marcam presença a ACR Santa Cita em juvenis perdeu uma oportunidade de ouro para continuar a ambicionar a 2ª fase.

Foto de arquivo: António Antunes - T.M. Foto

Infantis (Sub-13)

Na ultima jornada da 1ª volta o SC Tomar venceu o HC Santarém por um expressivo 10-1 e continua na perseguição aos lugares que dão acesso à 2ª fase, numa série onde a equipa de Pedro Nunes era apontada como um dos candidatos. Com a 2ª volta por disputar a equipa Leonina ocupa a 3ª posição com sete pontos, menos cinco que o HC Sintra (2º classificado) e a oito do líder HC Turquel. Na próxima jornada a equipa do SC Tomar recebe em casa o HC Sintra, num jogo que deicidirá muito do futuro da equipa nesta prova.

O HC Santarém como foi dito anteriormente acabou goleado na visita a Tomar e continua na 5ª posição com 3 pontos e vai aproveitando para dar os jovens atletas Escalabitanos experiência para futuros compromissos a nível nacional. Na próxima jornada a equipa da Capital Ribatejana desloca-se até Torres Vedras para defrontar o actual 4º classificado SC Torres.

Iniciados (Sub-15)
Neste escalão a equipa Leonina continua a navegar com "vento na popa" e está a prestes de atingir a qualificação para a 2ª fase. Nesta jornada venceu o HC Santarém por 5-1 e soma por vitórias todos os jogs realizados e com um jogo a mais realizado a equipa de Vasco Silva têm 18 pontos, mais seis que o Sporting CP 2º classificado e mais 12 que o trio (Académica da Amadora, CRC "Os Águias" e HC Turquel que seguem em igualdade na 3ª posição. 

Por seu turno o HC Santarém no final da 1ª volta continua sem pontuar e ocupa a ultima posição, num agora que à imagem dos Sub-13 do clube Escalabitano serve de aprendizagem. Na próxima jornada o SC Tomar já efectuou o mesma tendo vencido em casa a AA Amadora por 7-0, ao passo que o HC Santarém se desloca até à memória para defrontar o CRC "Os Águias".

Juvenis (Sub-17)
Neste escalão destaque pela negativa para a equipa de Luís Miguel Cunha que desperdiçou a oportunidade de jogar em casa frente ao Alcobacense para se manter na luta pela 2ª fase. A equipa da Capital da Maçã chegou a Santa Cita e venceu por 4-2 trocando de lugar na tabela classificativa com a equipa  Ribatejana ambas somando seis pontos, mas com a vantagem para a equipa deAlcobaça no confronto directo. Na próxima jornada a ACR Santa Cita desloca-se até Coimbra para defrontar a Académica local.

O SC Tomar viajou até Coimbra e venceu por 0-2 e assim sendo a equipa de Paulo Lopes mantêm a 2ª posição com 9 pontos e a par do S Alenquer B iniciam a 2ª volta como fortes candidatos à 2ª fase acompanhando o líder HC Turquel. Na próxima jornada a equipa Leonina recebe em casa o HC Turquel.

terça-feira, 24 de março de 2015

SC TOMAR PRESTOU HOMENAGEM A JOÃO CAMPELO

O SC Tomar que este ano celebra o centenário do Clube não quis deixar de prestar Homenagem a um dos seus mais Ilustres atletas do Hóquei em Patins, João Campelo.


A Secção de veteranos do SC Tomar realizou no passado Domingo um Torneio, que serviu acima de tudo para homenagear um dos seus mais queridos jogadores e que esteve nalguns dos maiores momentos na história daquele Clube Ribatejano.

João Campelo natural de Moçambique, fruto da Revolução dos Cravos, acabou por se radicar em Tomar. Acabou a representar o SC Tomar e ainda como Júnior era já um “caso sério” na modalidade. A vida académica acabou por falar mais alto e seguiu para Lisboa onde viria a representar o Sporting CP, onde seria campeão nacional, tendo também vencido duas Taças CERS e chegado a Internacional. 

Após terminar o seu percurso como jogador, treinaria o Sporting CP após a saída de António Livramento na condução da equipa sénior dos Leões.

Formado em Educação Física, seguiu o seu percurso académico, mas o bichinho do hóquei era mais forte e criou o primeiro projecto de Hóquei em Patins a nível nacional numa escola pública. A Escola Secundária “Stuart Carvalhais” em Massamá, foi pioneira na divulgação e competição oficial em termos hoquistas.

Acumulava o cargo de Professor universitário e era à data do seu desaparecimento, Presidente da Associação Nacional de Treinadores de Hóquei em Patins. Homem multifacetado, mas sempre com o hóquei em patins como principal ponto de convergência na sua vida.

O SC Tomar tanto em termos institucionais como afectivos não quiseram deixar passar esta efeméride sem que o nome deste Ilustre Tomarense fosse esquecido.


No Passado Domingo muitos dos Amigos e em particular aqueles que com ele privaram na quadra, tanto em Tomar como em Lisboa, fizeram questão de estar presentes. Outros que motivos vários não conseguiram estar no “Jácome Ratton” deixaram a sua mensagem de apreço aos responsáveis por este evento.

Chana, Chambel, Zenida, Adirão,Ventura,Teles, pelo Sporting CP, assim como Pereira da Silva,Jaime Clemente, Fernando Artur,  Jorge Oliveira, Capitolino entre outros tantos, que com ele privaram, deram o seu contributo para esta festa que teve uma molde humana considerável a acompanhar nas bancadas o desfilar de uma história bonita, singela, mas de grande significado e sentida, acima de tudo.

A esposa de João Campelo, que se fez acompanhar do irmão do malogrado jogador, esteve presente neste Torneio, tendo recebido das mãos do director máximo do Clube de Alvalade, Eng. Gilberto Borges, algumas lembranças nesta efeméride, assim como do SC Tomar e dos responsáveis pela equipa de Veteranos do Clube Nabantino.

Seguiu-se depois um jogo entre os contemporâneos de João Campelo, tempo para nos deliciarmos com alguns dos monstros que passaram pelos rinques, muitos deles internacionais. O tempo não perdoa, é implacável, mas fica o registo de avivarmos memórias, puxarmos o “filme” um pouco atrás, e vibrarmos com momentos que serão sempre inolvidáveis. Todos agradecemos por esta tarde de Domingo, que foi diferente, com alguma mágoa à mistura, mas a alegria de termos sentido e compartilhado, a camaradagem e o sentimento de respeito que aqueles que nos são queridos, nos merecem.


A Dr.ª Carla Saraiva de Carvalho, esposa do malogrado João Campelo, em seu nome e da Família, fez questão de tornar pública uma pequena mensagem que transcrevemos na íntegra.

"Em nome de todos agradeço a manifestação de carinho e o reconhecimento da mais-valia que teve para a comunidade desportiva do Hóquei em Patins, a dedicação, o trabalho e a competência do Prof. João Campelo. Agradeço que seja divulgado aos que ontem participaram na homenagem por vos promovida. Bem hajam. Carla Saraiva de Carvalho e Campelo. "

Texto: Carlos Martins
Fotos: Sérgio Marques

segunda-feira, 23 de março de 2015

O 12º TORNEIO INTERNACIONAL JÁ ESTÁ LANÇADO

Dia 3 e 4 de Abril de 2015 irá realizar-se o 12º torneio internacional de hóquei em patins em Santarém que terá o Municipal da Capital Ribatejana como palco.
 

De Espanha chega o Club Patin Irlandesas de Sevilha que irá trazer 4 equipas nos escalões de benjamins, escolares, sub-13 (infantis) e sub-15 (iniciados), de Portugal, o Clube Naval Setubalense e o Grupo Desportivo de Fabril. Para além dos escalões já referidos também os bambis (4, 5 e 6 anos) irão participar no torneio que serão debutantes neste Torneio que já é uma referência nos eventos que se realizam na época da Páscoa.

Para além dos clubes referidos e que pela primeira vez "pisam" o rinque Escalabitano estão convidados outros clubes que são "repetentes" e estamos a referir-nos a Parede Futebol Club, União Desportiva Vilafranquense, Associação Desportiva Oeiras, Hóquei Clube da Lourinhã, Futebol Clube Oliveira do Hospital, União Futebol do Entroncamento e Associação Académica de Coimbra.

A bater vários recordes relativamente a edições anteriores ir-se-ão realizar 49 jogos em dois dias, com a presença de 30 equipas e um número estimado de 390 praticantes e dirigentes.

É este o calendário de jogos para o evento:
 
 
Informação: HC Santarém

J. OURIENSE "CILINDROU" HC PDL

Num pavilhão bem composto, a J. Ouriense recebeu o HC Ponta Delgada, e apesar de ser o ultimo classificado da zona centro a equipa tinha o intuito de demonstrar que a evolução continua.

Foto de arquivo: Carlos Clemente

Entrando expectante visto defrontar um adversário composto por elementos mais experientes, que à passagem do minuto 21 inaugurou o marcador através do seu capitão Bruno Ponte. Mais uma vez a equipa da casa teria de correr atrás do prejuízo e assim o fez, começando a praticar um hóquei de encher o olho, com todos os elementos a ser intervenientes, conseguindo assim chegar ao empate através do Hélder Ferreira na marcação de uma grande penalidade, continuando a impor esta toada atacante o segundo golo chegaria logo depois, aproveitando a desorientação da equipa açoriana e concluindo com êxito algumas jogadas coletivas, chegaria o intervalo com o marcador em 7-1.

Na segunda parte continuou mais do mesmo, em que tudo saia bem à turma Ouriense, e assim foi dilatando o marcador perante a desmotivação do HC PDL, de salientar o bom jogo coletivo da turma Ouriense, da sua garra, da sua abstração a certas provocações, dos seis golos do Tiago Rodrigues que é ainda juvenil, os restantes golos foram apontados por Carlos "Carlitos" Clemente (2), Diogo Bernardes (2), Hélder Ferreira (4), Ivo Oliveira e Luís Silva

Relativamente ao futuro (in)certo, pede-se a estes jovens que jogando-se coletivamente, a vitória ficará decerto mais perto, outro aspeto a melhorar passará por um maior aproveitamento das penalidades, tal como do livres diretos.

O arbitro ribatejano António Gameiro, com um ou outro erro, não teve influência no resultado.

Com esta vitória a equipa de Francisco Mendes apesar de continuar na ultima posição com 8 pontos, aproximou-se do HC Santarém que soma mais um ponto. Na próxima jornada a equipa da J. Ouriense desloca-se até à Aba da Serra para defrontar o FCO Hsopital 10º classificado com 14 pontos.

Crónica: Manuel F.

domingo, 22 de março de 2015

UNIÃO "NAUFRAGA" EM SESIMBRA

Depois da derrota caseira frente ao SL Benfica "B" o União deslocou-se até Sesimbra para defrontar a equipa de Artur Pereira e tentar naquela Vila Piscatória "pescar" os três pontos em disputa.
 
Foto de arquivo

Numa primeira parte onde a equipa da casa tentou agarrar "as rédeas do jogo" Káká foi chegando para as encomendas deixando para os seus pares a elaboração de perigosos contra-ataques, e sendo num deles que a equipa de Pedro Nobre chegou à vantagem. A correr atrás do prejuízo o Sesimbra chegaria ao empate antes do intervalo.

A etapa complementar não trás nada de novo, com o Sesimbra a mandar no jogo e Káká a negar o golo e em novo contra-ataque a equipa Unionista chega de novo à vantagem, vantagem essa que durou pouco tempo com a equipa da casa a chegar de novo ao empate. Se os dois primeiros foram obtidos em "venenosos" contra ataque, o terceiro golo do União chegou numa bonita jogada de entendimento. De novo em desvantagem a equipa de Artur Pereira viria a conseguir empatar de novo. Com 3-3 no placard o jogo entrou numa toada de parada e resposta e se Káká tinha sido quase intransponível, um erro do guarda-redes Unionista permitiu à equipa da casa colocar-se pela primeira vez na  frente do marcador. Até final e com várias oportunidades de bola parada a serem desperdiçadas por ambas as equipas o União não conseguiu chegar ao empate e partir para a reviravolta e viu o Sesimbra num lance de livre directo fixar o resultado final.

GD Sesimbra 5  -  União FE 3

Pela equipa do Sesimbra Daniel Marques (2), Gonçalo Marcelino (2) e Jorge Coelho foram os marcadores, ao passo que pela equipa Unionista David "Rosca" Vieira, Carlos "Pica" Fonseca e Nuno Nobre foram os marcadores de serviço.

Num jogo equilibrado onde a vitória poderia ter caído para ambos os lados, acabou por vencer a equipa que menos erros cometeu e acabou por ser mais assertiva. Com esta derrota o União mantêm a 10ª posição com 22 pontos e na próxima jornada recebe no Albano Mateus o líder AE Fisica D. Por seu turno o GD Sesimbra ocupa a 8ª posição com 30 pontos e na próxima jornada viaja até à Capital da Maçã para defrontar o aflito Alcobacense CD que ocupa a penúltima posição com 15 pontos.

sábado, 21 de março de 2015

SC TOMAR GOLEIA VASCO GAMA

O SC Tomar recebeu o HC Vasco da Gama em jogo a contar para a 22ª jornada e venceu por um confortável 10-2 mantendo assim a 2ª posição a um ponto do líder, mas com um jogo a mais que a equipa da Física de Torres Vedras.

Foto: Plurisports

Num jogo sem história e de sentido único a equipa de Nuno Domingues inaugurou o marcador por Hernâni Diniz antes de cumpridos os primeiros cinco minutos. A equipa do Litoral Alentejano chegou ao empate aos seis minutos através de Daniel Paias na conversão de um livre directo motivado pelo azul exibido a Filipe Almeida. O empate manteve-se durante dez minutos mas sempre com o SC Tomar por cima do jogo, e seria Filipe Almeida a desfazer o empate ao bisar no espaço de dois minutos colorindo o placard com um 3-1. Até ao apito da dupla Aveirense Carlos Miguel e Manuel Oliveira para o intervalo, primeiro Ivo Silva e depois Hernâni Diniz fecharam o resultado do primeiro tempo.

Intervalo: SC Tomar 5  -  HC Vasco da Gama 1

A etapa complementar começa com novo golo da equipa Leonina apontado por André Silva logo nos primeiros segundos e não voltou a funcionar antes de cumpridos os primeiros cinco minutos porque Aaron Cathcaart desperdiçou uma grande penalidade. O jogo mantinha a toada e a superioridade da equipa de Tomar era evidente e os golos foram surgindo com naturalidade, Luís Silva fez o 7-1, Ivo Silva na conversão de um livre directo da 10ª falta aumentou para 8-1, Nuno Domingues fez o 9-1 igualmente de livre directo da 15º falta e o jovem Aaron redimiu-se da falha na grande penalidade e fez o 10-1. Com dois minutos para se jogar o máximo que a equipa de Sines conseguiu foi reduzir a goleada com Luís Custódio no ultimo minuto a fazer o segundo golo da sua equipa.

Final: SC Tomar 10  -  HC Vasco da Gama 2

Vitória justa da equipa leonina que com dois parciais de 5-1 conseguiu conquistar os três pontos num jogo onde a vitória nunca esteve em causa e onde a equipa de Sines não conseguiu contrariar a superioridade adversária. Com esta vitória o SC Tomar soma 48 pontos, menos um que a Fisica de Torres Vedras e apesar de ter mais um jogo os verde e brancos do Nabão pressionam o líder que na próxima jornada viajam até ao Ribatejo para defrontar o União do Entroncamento. Por seu turno o SC Tomar têm uma saída complicada até  à Vila Presépio para defrontar o S Alenquer B.

SC Tomar (10): Daniel Leal (gr), Filipe Almeida (2), Luís Silva (1), Ivo Silva (2) e Hernâni Diniz (2)
Suplentes: Marco Gaspar (gr), Nuno "Manel" Domingues (1), André Silva (1), David Costa e Aaron Cathart (1)
Treinador: Nuno "Manel" Domingues

HC Vasco Gama (2): David Simões (gr), Nuno Martins, Luís Custódio (1), Daniel Paias (1) e Nuno Torpes
Suplentes: Ruben Cruz (gr), Henrique Pereira, André Moreira e Tiago Colos
Treinador: Nuno Martins

sexta-feira, 20 de março de 2015

NOMEAÇÕES PARA AS EQUIPAS DO RIBATEJO E LEIRIA

Já são conhecidos os árbitros que irão dirigir os jogos das equipas da AP Ribatejo e AP Leiria nos jogos do Nacional da II e III Divisão e Nacionais dos escalões de formação.


I Divisão - 25 Março 2015
  • UD Oliveirense vs HC "Os Tigres" Joaquim Pinto (Porto) / José Pinto (Porto) - Pedro Silva (Porto)
  • OC Barcelos vs HC Turquel: António Teixeira (Minho) / António Santos (Aveiro) - Paulo Oliveira (Aveiro)


II Divisão Sul - 21 Março 2015
  • SC Tomar vs HC Vasco da Gama: Carlos Miguel (Aveiro) / Manuel Oliveira (Aveiro) - Marco Gomes (Aveiro)
  • GD Sesimbra vs União FE: João César (Setúbal) / Cidalino Lamosa (Setúbal)
  • BIR vs AD Oeiras: Teófilo Casimiro (Ribatejo) / Paulo Carvalho (Leiria) - David Barros (Leiria)
  • SL Benfica "B" vs Alcobacense CD: J.M. Rodrigues (Setúbal) / Paulo Ferrão (Setúbal)


III Divisão Centro - 21/22 Março 2015
  • J. Ouriense vs HC PDL: António Gameiro (Ribatejo)
  • ACR Santa Cita vs HC Paço do Rei: Rui Taborda (Ribatejo)
  • HC Santarém vs AC Feira: Teófilo Casimiro (Ribatejo)
  • SC Beira Mar vs SC Marinhense: José LaSalette (Aveiro)


Nacional de Infantis (Sub-13) - 21/27 Março 2015
  • SC Tomar vs HC Santarém: Rui Taborda (Ribatejo)
  • HC Turquel vs SC Torres: Vitor Roxo (Leiria)
  • SC Torres vs HC Santarém: Thierry Francisco (Lisboa)


Nacional de Iniciados (Sub-15) - 21/22 Março 2015
  • SC Tomar vs HC Santarém: Rui Taborda (Ribatejo)
  • HC Turquel vs CRC "Os Águias": Vitor Roxo (Leiria)


Nacional de Juvenis (Sub-17) - 21 Março 2015
  • Académica Coimbra vs SC Tomar: Paulo Oliveira (Aveiro)
  • ACR Santa Cita vs Alcobacense CD: Luís Nunes (Ribatejo)
  • S Alenquer B vs HC Turquel: Paulo Baião (Lisboa)


Nacional de Juniores (Sub-20) - 21 Março 2015
  • HC Turquel vs CRC "Os Águias": Vitor Roxo (Leiria)

quinta-feira, 19 de março de 2015

SC TOMAR LEVA A EFEITO HOMENAGEM A JOÃO CAMPELO

A equipa de Veteranos do SC Tomar realiza no próximo domingo dia 22 de Março uma homenagem ao malogrado João Campelo que faleceu em finais de Abril de 2013.


Foi ao serviço do SC Tomar que João Campelo ganhou notoriedade e que o levou a deixar os Leões de Tomar para ir representar os Leões de Lisboa, clube onde viria a obter vários títulos tanto a nível nacional como internacional enquanto jogador e técnico. Foi igualmente o fundador do hóquei em patins na Escola Stuart Carvalhais de Massamá.

A equipa de veteranos do SC Tomar aproveita assim o próximo domingo para em ano de centenário levar a efeito a homenagem a esse grande senhor do hóquei em patins.

ESTAS MENINAS SÓ SABEM GANHAR

A equipa feminina do SL Benfica conquistou no passado fim-de-semana a Taça Europeia Feminina ao vencer por 5-2 as francesas do US Coutras na final.

Foto: António Anacleto

As jovens Águias começaram por derrotar no sábado a equipa anfitriã o CP Manlleu por 2-4 num jogo onde chegaram ao intervalo a vencer por 2-1. As catalãs empataram na etapa complementar mas os golos de Rita Lopes e Inês Vieira colocaram as encarnadas na final. No jogo da final tudo foi mais fácil para a equipa Lusa que ao intervalo venciam por 4-1. No 2º tempo apenas dois golos e um para cada equipa que fixou o resultado final em 5-2. Destaque nesta final para Marlene Sousa que apontou quatro dos cinco golos da sua equipa.

Ao DN Desporto Marlene Sousa que trocou a AD Sanjoanense pelo Benfica e que aos 19 anos frequenta o curso de Educação Fisica na Universidade Lusófona disse em relação ao jogo que valeu o titulo «É um sentimento de felicidade. Ganhar um troféu destes não está ao alcance de qualquer um. Trabalhámos para isso, a equipa foi forte e conseguiu o objetivo. O Benfica entra para qualquer competição para vencer. Queremos fazer o pleno. Já temos três títulos alcançados, faltam dois, que é vencer o campeonato nacional e a Taça de Portugal».

Paulo Almeida técnico da equipa que continua invicta há dois anos a esta parte revela a dificuldade de treinar uma equipa composta por jogadores de longe e ter de gerir os horários de treino referiu isso mesmo ao DN Desporto «É complicado gerir os horários. Tenho duas atletas que depois do treino ainda vão para Turquel e fazem 150 quilómetros para regressar a casa. É um sacrifício muito grande, mas quem corre por gosto não cansa».

Foto de arquivo: Jornal "Record"

A equipa feminina do SL Benfica desde a sua formação na época 2012/2013 tem vencido todas as provas em que têm participado, Campeonato Nacional (2012/2013, 2013/2014), Taça de Portugal (2013/2014 ) e Supertaça de Portugal (2013 e 2014) a que agora junta o Titulo Europeu.

No entanto se tem de se dar valor ao técnico Paulo Almeida pelo trabalho efectuado e o saber apurar estes talentos, e a colectividade Benfiquista que apostou no hóquei feminino, também terá que se olhar para montante e dar valor a quem formou as atletas que agora representam o clube da Luz e são muitos esses clubes que com o seu trabalho de formação permitiram ao Benfica que agora "colha os louros" e podemos inumerá-los pedindo desde já desculpa no caso de esquecimento de algum e são GDR "Os Lobinhos", UDC Nafarros, Roller Lagos, HC Turquel, AD Sanjoanense ACD Vila Boa do Bispo, CD Boliqueime, Alcobacense CD.

quarta-feira, 18 de março de 2015

39º INTER-REGIÕES "PÁSCOA 2015"

A Mealhada vai receber pelo 3º ano consecutivo o Torneio Inter-regiões em Iniciados (Sub-15) e já são conhecidos os grupos e o calendário do evento que se disputará no Municipal entre 26 e 29 de Março de 2015.


A selecção Ribatejana orientada por Luís Miguel Cunha ficou colocado no Grupo B juntamente com as selecções da RA Açores, AP Leiria, AP Porto e AP Minho. Neste grupo B estão dois dos favoritos à vitória fianl, ou seja as selecções do Minho e do Porto, esperando que a equipa Ribatejana seja o "outsider" do grupo e consiga meter-se na luta para as meias finais.

No Grupo A as selecções de Aveiro a jogar em casa (mais uma vez), Lisboa, Setúbal, Alentejo e Coimbra são os participantes, estando Lisboa e Aveiro na "pole-position" para as meias finais.

É este o calendário do evento


SC TOMAR LÍDER E HC SANTARÉM PRIMEIRA VITÓRIA

Mais uma jornada dos Nacionais Jovens e pelo Ribatejo o SC Tomar lidera isolado em Iniciados (Sub-15) e os Infantis (Sub-13) do HC Santarém obtiveram a primeira vitória na prova. Em Sub-17 SC Tomar subiu à 2ª posição com os mesmo pontos do vizinho Santa Cita.

Foto: HC Santarém

Infantis (Sub-13)

O HC Santarém alcançou a primeira vitória na prova ao vencer no Municipal da Capital Ribatejana a AE Física D por 6-5, num jogo onde os jovens Ribatejanos estiveram a perder por 0-3, mas conseguiram dar a "volta ao texto". Com esta vitória e a soma dos primeiros três pontos o HC Santarém subiu à 5ª posição e na próxima jornada desloca-se até á Princesa do Nabão para defrontar o SC Tomar.

O SC Tomar viajou até à região Oeste para defrontar a equipa Leonina do SC Torres e o empate 2-2 acabou por ser o resultado final, num jogo onde em caso de vitória a equipa de Pedro Nunes tira apanhado o adversário, e no caso de ter sido o SC Torres a vencer tinha alcançado o HC Sintra que foi derrotado em casa pelo HC Turquel por 4-0. Com este empate a equipa Nabantina passa a somar 4 pontos mantendo a 4ª posição e na próxima jornada recebe o HC Santarém como tinha sido dito anteriormente.

Iniciados (Sub-15)

O SC Tomar lidera isolado a Série C com 5 jogos 5 vitórias e 15 pontos somados mas também com mais um jogo realizado, jogo esse antecipado da 6ª jornada com a equipa de Vasco Silva a vencer e convencer a Académica da Amadora por um expressivo 7-0. No Domingo e em jogo a contar para 4ª jornada a equipa verde e branca viajou até à Memória e derrotou o CRC "Os Águias" por 7-0 consolidando assim a liderança e assumindo cada vez mais como candidato à 2ª fase da prova. 

Em Santarém o Hóquei Clube recebeu o Sporting CP e foi derrotado por 1-5 continuando sem vencer neste campeonato e ocupando a ultima posição com 0 pontos. Na próxima jornada a ultima da 1ª volta os jovens Escalabitanos viajam até Tomar para defrontarem o líder.

Juvenis (Sub-17)

Numa série onde HC Turquel lidera isolado (12 pontos, mais 6 que as equipas perseguidoras) as equipas Ribatejanas tiveram desempenhos diferentes, resultando numa vitória e numa derrota. Em Tomar a equipa de Paulo Lopes recebeu o S Alenquer B e presenteou os jovens da Vila Presépio com um conclusivo 9-1, que lhes valeu a subida à 2ª posição com 6 pontos. Na próxima jornada a equipa Leonina viaja até casa do lanterna vermelha Académica de Coimbra.

O Santa Cita viajou até à Catedral do Hóquei em Patins e foi derrotado pelo líder por 7-1, num jogo onde o HC Turquel não deixou permitiu qualquer tipo de veleidades à equipa de Luís Miguel Cunha. Com esta derrota a ACR Santa Cita mantêm a 3ª posição com 6 pontos e na próxima jornada recebe no seu Pavilhão o Alcobacense CD.

terça-feira, 17 de março de 2015

UD OLIVEIRENSE É O PRÓXIMO OBSTÁCULO

O SC Tomar recebe no Jácome Ratton no próximo dia 11 de Abril a UD Oliveirense para o jogo respeitante aos quartos de final da Taça de Portugal e em caso de vitória a equipa Leonina das margens do Nabão segue rumo à final four que será disputada nos dias 23 e 24 de Maio ainda em local a definir, mas que sabe não venha a ser mais um evento a ser realizado na Mealhada ou no Luso.


Numa fase em que todas as oito equipas presentes são difíceis a equipa de Nuno Domingues tinha como adversário mais "apetecível" e jogando como anfitrião a Juventude Pacense, mas quis o sorteio que viajassem até à Cidade Templária Gonçalo Alves e companhia.

Nos outros jogos destaque para o Sporting CP a receber o campeão nacional em titulo AD Valongo e o HC Turquel a receber na Catedral do Hóquei em Patins o OC Barcelos. O detentor do titulo SL Benfica viaja até à capital do móvel para defrontar a J. Pacense que como é sabido foi o tomba gigantes dos oitavos de final ao eliminar o Candelária SC.

Em caso de passagem à final-four o SC Tomar jogará as meias-finais com o vencedor do jogo entre Sporting CP e AD Valongo como indica o quadro que abaixo publicamos.

Foto: www.hoqueipt.com

CONTINUAM OS TREINOS RUMO AO INTER-REGIÕES "PÁSCOA 2015"

Luís Miguel Cunha voltou a convocar 12 jogadores para os trabalhos da selecção distrital de Iniciados (Sub-15), sendo o SC Tomar a equipa mais representada com 8 atletas presentes.

Foto de arquivo: António Antunes - T.M. Foto

Ontem no Pavilhão de Santa Cita o seleccionador distrital ministrou mais um treino tendo em vista a participação da equipa Ribatejana e mais uma edição do Inter-Regiões que pelo terceiro ano consecutivo se realiza no Pavilhão Municipal da Mealhada entre os dias 26 e 29 de Março.

Para além dos jovens Leoninos, GC "Os Corujas" com dois atletas e HC Santarém e J. Ouriense com um são os outros clubes representados nesta convocatória.

Recorde-se que a equipa Ribatejana já venceu esta época o Torneio Interassociativo de Natal realizado em Constância e o Torneio Interassociativo de Carnaval disputa em Coruche.

Foram estes os atletas presentes no treino de ontem em Santa Cita:

SC Tomar
José Silva (GR), Miguel Marante, Thomas Basílio, João Silva, Francisco Rodrigues, Duarte Ferreira, Rodrigo Silva e Manuel Mesquita.

GC "Os Corujas"
Vasco Dias (GR) e Pedro Carlota

HC Santarém
Francisco Catela

J. Ouriense
João Nunes

segunda-feira, 16 de março de 2015

SC TOMAR VENCE MARÍTIMO E PRESSIONA A FÍSICA

Menos de 24 horas depois de ter em Vila Praia de Âncora carimbado o passaporte para os quartos de final da Taça de Portugal o SC Tomar recebeu no Jácome Ratton a equipa do Marítimo SC dos Açores e voltou a marcar onze golos e a garantir os três pontos colocando pressão no líder AE Física D.

Foto: João Flores

A equipa de Nuno Domingues apesar de jogar contra o lanterna vermelha, sabia das dificuldades que tinha pela frente perante uma equipa com bons valores individuais e muito bem orientada por Júlio Soares, e assim sendo com todas as precauções e uma estratégia bem delineada no 2º jogo realizado no espaço de 24 horas, os verde e brancos do Nabão chegaram cedo à vantagem com Luís Silva a inaugurar o marcador na conversão de uma grande penalidade antes de esgotados os primeiros cinco minutos. A equipa Leonina aproveitou a chegada ao minuto dez para marcar por duas vezes, primeiro por Ivo Silva e de seguida por Filipe Almeida. A vencer por 3-0 e nesse mesmo minuto Ivo Silva vê azul e Júlio Soares chamado à conversão do livre directo não desperdiça e reduz para 3-1. Reagiu de imediato a equipa da casa que no minuto seguinte fez o 4-1 por Luís Silva que três minutos depois faz hattrick e aumenta para 5-1. Quase em cima do apito da dupla Leiriense Paulo Carvalho e Vítor Roxo para o intervalo o capitão Ivo Silva aumenta para 6-1.

Intervalo: SC Tomar 6  -  Marítimo SC 1

A etapa complementar traz de novo ao rinque um SC Tomar acutilante a jogar em velocidade,e a não permitir veleidades à equipa que viajou desde da freguesia de São Pedro da Calheta na Ilha de São Miguel e o resultado foi-se dilatando, ficando ainda pelo meio algumas perdidas de lances de bola parada e até ao décimo quinto  minuto desta segunda parte a equipa Leonina chegou ao 10-1, altura em que tirou "o pé do acelerador" e viu antes da entrada nos últimos cinco minutos Tiago Botelho bisar e e colorir o placard com 10-3. Seria Filipe Almeida a fechar a contagem quando faltavam cerca de três minutos para o final ao apontar o décimo primeiro golo da sua equipa. A equipa Açoriana apostada em imitar o adversário no que a lances de bola parada diz respeito desperdiçou nos últimos dois minutos um livre directo por Júlio Soares e uma grande penalidade por Carlos Guimarães.

Final: SC Tomar 11  -  Marítimo SC 3 (Faltas: 12 - 9)

Foto: João Flores

Vitória justa do SC Tomar que nunca deixou o adversário por ameaçar a sua superioridade e assim sendo somou mais três pontos e já leva 45 "no bornal" e "colou-se" ao líder que tem mais um ponto e mais um jogo. Na próxima jornada o SC Tomar volta a jogar no Jácome Ratton desta feita contra o HC vasco da Gama de Sines. Quanto à equipa Açoriana com mais esta derrota continua na ultima posição com 15 pontos e na próxima jornada desloca-se até Sintra para defrontar a UDC Nafarros.

SC Tomar (11): Daniel leal (gr), Filipe Almeida (3), Luís Silva (4), Ivo Silva (2) e David Costa (2)
Suplentes: Marco Gaspar (gr), André Silva, Hernâni Diniz, Nuno "Manel" Domingues e Aaron Cathart 
Treinador: Nuno "Manel" Domingues

Marítimo SC (3): Elson Gomes (gr), Pedro Soares, Carlos Guimarães, Tiago Botelho (2) e José Júlio Soares (1)
Suplentes: Simão Loureiro (gr), Cláudio Sousa, Nuno Correia, Marco Resendes e Tiago Leite
Treinador: José Júlio Soares

domingo, 15 de março de 2015

NAS DERROTAS TAMBÉM SE TIRAM ENSINAMENTOS

A equipa feminina da ACR Santa Cita continua a sua participação no Torneio Concentrados de sub-20 e ontem no Pavilhão de Arazede disputou-se a 3ª jornada com as jovens Ribatejanas a defrontar o Stuart H.C.M num jogo que teve o seu inicio pelas 18:00 horas.


As jovens Santacitenses entraram mal no jogo, cometendo alguns erros, fruto da falta de experiência, chegando ao intervalo a perder por 7-0, no entanto, na segunda parte a equipa de Santa Cita veio com outra postura, defendendo melhor, e voltando a sofrendo o oitavo golo a 12 minutos do fim do jogo.

Com este oitavo golo a equipa Ribatejana desorientou-se um pouco sofrendo mais quatro golos até ao fim do jogo, fixando o resultado em 12-0. Note-se que a equipa da Stuart tem atletas chamadas a selecção nacional, dai haver mais experiência por parte da equipa da Stuart. 

Pela equipa de Santa Cita, jogaram : Elisabete José ( GR ), Bruna Ferreira ( Cap. ), Beatriz Homem, Verónica Pimpão, Filipa Bernardes, Andreia Ferreira e Joana Henriques ( GR ).

Crónica/Foto: Nuno "Nunão" Sousa

CHAVE DOS "QUARTOS" ESTAVA EM VILA PRAIA DE ÂNCORA

O SC Tomar viajou até Vila Praia de Âncora em pleno litoral Minhoto para defrontar CCD Ancorense, única equipa da III Divisão representada nos oitavos de final da Taça de Portugal e apesar do resultado não o demonstrar a equipa Ribatejana só a meio do segundo tempo embalou para a vitória fruto da maior experiência e de alguma falta de desconcentração da equipa da casa.

Foto: Liliana Silva (Blog Hóquei Minhoto)

Num pavilhão cheio com os adeptos da equipa de Rui Neto a quererem ver o seu emblema fazer história, a equipa de Nuno Domingues chegou à vantagem logo aos dois minutos de jogo, mas antes de cumpridos os primeiros dez de jogo já a equipa da casa havia dado a cambalhota no marcador, mas nem tempo houve para festejos pois no mesmo minuto Ivo Silva colocou o placard em 2-2. No minuto seguinte a equipa do Ancorense chega-se de novo à frente no marcador com Rui Araujo a converter um livre directo motivado por azul exibido a um jogador Nabantino. A perder a equipa da Princesa do Nabão carregou e no minuto dezasseis marcou por duas vezes através de Luís Silva na conversão de uma grande penalidade e de Hernâni Diniz e consumou a segunda reviravolta na partida. Foi a vez da equipa da casa pegar no jogo e novo azul para a equipa Tomarense leva Rui Silva para a marca de livre directo e o jogador Minhoto não desperdiça restabelecendo a igualdade. Já nos últimos cinco minutos desta primeira parte foi a vez de André Silva ver cartão azul por protestos e a jogar em power-play o Ancorense marca através de Duda naquela que foi a terceira reviravolta saindo para o descanso a vencer por 5-4.

Intervalo: CCD Ancorense 5  -  SC Tomar 4

A perder a equipa Leonina tinha 25 minutos para alcançar o objectivo "quartos de final" e logo e antes de volvidos os primeiros cinco minutos Luís Silva coloca de novo tudo empatado. Com 5-5 no placard e mais de vinte minutos para se jogar tudo podia acontecer em terras minhotas. Com o jogo empatado as equipas acharam por bem empatar também em falhar livres directos e se primeiro foi Hernâni Diniz na 15ª falta do Ancorense de seguida foi Rui Araújo na 10ª falta do SC Tomar. O golo que permitiu a quinta reviravolta saiu do setique de Ivo Silva que a meio da eqtapa complementar não desperdiçou uma grande penalidade. O SC Tomar aumentou a vantagem volvidos cerca de três minutos novamente por Ivo Silva que não desperdiçou o livre directo da 20ª falta da equipa Minhota. A desconcentração do Ancorense após o 5-7 ficou bem patente e um azul e um vermelho colocam o SC Tomar a jogar em power-play e a equipa de Nuno Domingues não desperdiça e faz o 5-8. Nesse mesmo minuto David Costa vê azul mas Rodrigo Pereira desperdiça soberana oportunidade de reduzir. À entrada dos últimos cinco minutos o SC Tomar "mata" definitivamente o encontro com André Silva a fazer o 5-9. Hernâni Diniz um minuto depois chega à dezena para Ivo Silva no ultimo minuto fechar o marcador.

Final: CCD Ancorense 5  -  SC Tomar 11 (Faltas: 21- 14)

Num jogo dirigido pela dupla Portuense Jerónimo Moura e Domingos Carvalho, o SC Tomar venceu bem, mas sofreu, soube sofrer e carimbou o passaporte para os quartos de final perante uma equipa de Rui Neto muito bem orientada e que deu "água pela barba" à equipa do escalão superior e não fosse alguma inexperiência e desconcentração a meio do 2º tempo aliada a algumas criticas à dupla de arbitragem e poderia a festa da taça ter assentado arraiais em Vila Praia de Âncora.

O SC Tomar fica assim a aguardar o próximo adversário que em ano de centenário ficaria bem ser o Sporting CP para o Jácome Ratton ter assim mais uma jornada de glória e quem sabe de Festa da Taça. O sorteio realiza-se amanhã pelas 18 horas na sede da FPP.

sexta-feira, 13 de março de 2015

NOMEAÇÕES PARA AS EQUIPAS DO RIBATEJO E LEIRIA

Já são conhecidos os árbitros que irão dirigir os jogos das equipas da AP Ribatejo e AP Leiria nos jogos do Nacional da II Divisão, Taça de Portugal, Nacional Feminino e Nacionais dos escalões de formação.


II Divisão Sul - 15 Março 2015
  • SC Tomar vs Marítimo SC: Paulo Carvalho (Leiria) / Vítor Roxo (Leiria)

II Divisão Norte - 14 Março 2015
  • HC Mealhada vs CI Sagres: Teófilo Casimiro (Ribatejo) / Paulo Carvalho (Leiria)

Taça de Portugal 1/8 avos final - 14 Março 2015
  • CCD Ancorense vs SC Tomar: Jerónimo Moura (Porto) / Domingos Carvalho (Porto) - Carlos Tadêa (Porto)
  • Alcobacense vs SL Benfica: António Santos (Aveiro) / Paulo Almeida (Aveiro) - Sérgio Silva (Aveiro)
  • GD Sesimbra vs HC Turquel: João Duarte (Lisboa) / Paulo Romão (Lisboa) - Cidalino Lamosa (Setúbal)

Nacional de Infantis (Sub-13) - 14 Março 2015
  • SC Torres vs SC Tomar: Joaquim Sequeira (Lisboa)
  • HC Santarém vs AE Física D: Luís Nunes (Ribatejo)
  • HC Sintra vs HC Turquel: José Nave (Lisboa)

Nacional de Iniciados (Sub-15) - 14/15 Março 2015
  • SC Tomar vs AA Amadora: António Gameiro (Ribatejo)
  • CRC "Os Águias" vs SC Tomar: Paulo Almeida (Aveiro)
  • HC Santarém vs Sporting CP: Teófilo Casimiro (Ribatejo)
  • AA Amadora vs HC Turquel: João Duarte (Lisboa)

Nacional de Juvenis (Sub-17) - 14 Março 2015
  • SC Tomar vs S Alenquer B: Rui Taborda (Ribatejo)
  • HC Turquel vs ACR Santa Cita: Vítor Roxo (Leiria)
  • Alcobacense CD vs Académica: David Barros (Leiria)

Nacional de Juniores (Sub-20)
  • Sporting CP vs HC Turquel: Miguel Guilherme (Lisboa)
  • CRC "Os Águias" vs UD Oliveirense: Paulo Almeida (Aveiro)

Campeonato Nacional Feminino - 15 Março 2015
  • HC Mealhada vs HC Turquel: António Santos (Aveiro)

quinta-feira, 12 de março de 2015

DIOGO NEVES "PREGA SUSTO" NO LIVRAMENTO

O Ribatejano Diogo Neves actualmente a representar o CD Paço de Arcos "pregou" um valente susto a todos os presentes no Pavilhão do Livramento no decorrer do jogo a contar para a 21ª jornada que opôs o Sporting CP e o CD Paço de Arcos.

Foto: Jaime Neves

Numa bola dividida o jovem Almeirinense emprestado pelo SL Benfica ao clube da Linha chocou com um adversário, caindo e ficando sem sentidos, tendo recuperado passado pouco tempo com a ajuda do massagista de ambos os clubes e do médico Ricardo Figueira que representa a equipa verde e branca, no entanto Diogo Neves foi levado para o Hospital de Santa Maria em Lisboa para realizar exames médicos, que não revelaram nada de grave, ficando como registo deste lance infeliz, apenas umas escoriações no rosto.

Nas redes sociais, Jaime Neves, pai do atleta explicou o sucedido e agradeceu o apoio prestado, numa declaração que publicamos de seguida:

AGRADECIMENTO

«Ontem no jogo de Hóquei em Patins, que opôs o Sporting ao Paço de Arcos, numa bola dividida e sem qualquer maldade, o Diogo Neves sofreu um choque, que o deixou por alguns momentos, prostrado na pista, sem sentidos. Recuperou momentaneamente, mas estava com a cabeça à roda, a ver mal e com vontade de vomitar. Temeu-se o pior! Todavia, fruto do apoio prestado pelos massagistas das duas equipas e muito especialmente pelo atleta, Doutor de Profissão, Ricardo Figueiras, conclui-se que o Diogo deveria fazer rapidamente exames médicos, no Hospital de Santa Maria. Assim aconteceu e por volta das 4:00 da madrugada e após vários exames realizados, a equipa médica do Hospital, concluiu que apesar de algumas escoriações no rosto, o Diogo estava fora de perigo e teve alta de imediato.

Assim, desta forma, gostaria de agradecer publicamente, a todo o Staff e a todos os jogadores do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL e muito especialmente ao atleta/doutor Ricardo Figueira, pela forma excepcional e incondicional, como prestaram todo o apoio ao meu filho Diogo Neves.
Bem hajam por tudo. O meu muito obrigado